A Excelência Acadêmica para a INTEGRA

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Por Juliana Martins

Quando falamos em excelência para a Escola INTEGRA, trazemos três conceitos extremamente fortes que norteiam o nosso trabalho: objetivos, evidências e experiências de aprendizagem. Para nós, garantir o desenvolvimento da excelência acadêmica envolve entender quais os objetivos de aprendizagem de cada componente curricular devem ser desenvolvidos nos estudantes, como garantir um processo avaliativo pautado em evidências para que possamos identificar se alcançamos esse desenvolvimento pleno e quais serão as experiências de aprendizagem que serão desenvolvidas pelos nossos professores para alcançarmos a aprendizagem e, em um processo continuo buscamos identificar quais as habilidades e competências que precisamos reforçar com nossos estudantes.

O que eu quero que a turma conheça, entenda ou saiba ao fim da experiência de aprendizagem? Quais os objetivos de aprendizado que quero que o estudante tenha ao longo da vida?

Essas são perguntas que norteiam o nosso processo educacional na Escola INTEGRA e para falarmos em alcançar objetivos de aprendizagem significativos o primeiro passo envolve sempre o planejamento curricular de nossos professores. Como diria a frase famosa de Alice: se não sabemos para onde vamos, qualquer caminho serve. O nosso planejamento curricular é direcionado para os objetivos. Os objetivos de aprendizagem ditam a natureza das evidências das avaliações necessárias e sugerem os tipos de ensino e experiências de aprendizagem planejadas.

Como eu vou saber que eles sabem oque eu quero que saibam? Como coleto informações para saber se aprenderam?

Essas serão as perguntas que irão guiar o nosso processo avaliativo, com uma pauta focada essencialmente em evidências. Quando falamos de avaliação normalmente vem à mente aquela ideia da prova tradicional. Para garantirmos um processo de ensino e aprendizagem de excelência, ela é importante e faz parte dos nossos instrumentos avaliativos. No entanto, para preparamos nossos estudantes para o vestibular e também para vida, utilizamos de outros mecanismos avaliativos para conseguirmos evidenciar se nossos objetivos de aprendizagem estão sendo atingidos e, principalmente se as competências e habilidades foram desenvolvidas e, para isso, apenas a prova como instrumento avaliativo não cumprirá esse papel e por isso buscamos trabalhar com diferentes ferramentas avaliativas que possibilitem avaliarmos níveis maiores de aprendizagem.

O que eu preciso fazer para possibilitar que os estudantes consigam mostrar essas evidências?

Na Escola INTEGRA não acreditamos em aulas, e sim em experiências de aprendizagem que serão o modo como nossos professores desenvolverão os objetivos de aprendizagem e avaliarão a aprendizagem dos estudantes na prática. Acreditamos que toda experiência de aprendizagem precisa ser focada no estudante, buscando sua participação e colocando ele no centro como protagonista do processo. Para alcançarmos esse objetivo trabalhamos com diferentes experiências de aprendizagem. Além das aulas expositivas, trabalhamos por meio de metodologias ativas e utilizamos a abordagem de projetos.

Buscar excelência para nós é garantir o desenvolvimento de competências e habilidades com contexto, buscando colocar o estudante como o protagonista do processo de aprendizagem e garantindo suporte e apoio porque na escola INTEGRA, nenhum estudante fica para trás.

1 comentário em “A Excelência Acadêmica para a INTEGRA”

  1. Ótimo artigo. Colocar o estudante como centro de todo planejamento curricular, com intencionalidade em busca dos objetivos, garante um processo de aprendizagem mais rico, empático e que abarca as múltiplas inteligências. Parabéns Escola Integra!

    Responder

Deixe um comentário

Prepare seu filho para os desafios de um mundo em transformação