Atividades de Socioemocional na INTEGRA

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

A pandemia do COVID-19 e todas as suas consequências acarretaram grandes mudanças no nosso dia a dia, trazendo um impacto na nossa saúde mental. Por esse motivo, ao longo de 2021, foi necessário oferecer aos nossos estudantes ferramentas que pudessem ajudá-los a compreender melhor suas emoções.

Nas aulas dedicadas ao desenvolvimento socioemocional, foram realizadas diferentes atividades para melhorar o autoconhecimento das nossas crianças e o autogerenciamento do que estão sentindo. Durante as aulas de bem-estar da Educação Infantil, os pequenos realizaram a atividade “Árvore dos Sentimentos”. A discussão foi em torno do fato de que, assim como uma árvore, nós somos capazes de crescer mesmo em períodos de dificuldade e de adversidade. A partir disso, a turma montou a sua própria árvore, preenchendo-a com dois sentimentos, um bom e outro ruim. A atividade mostrou que há sempre um lado bom, mesmo que estejamos enfrentando um período desafiador.

Outra turma fez sua reflexão através de uma metáfora com jogos de videogame, prática comum e adorada por todos. Nesse contexto, os estudantes perceberam que mediante a situação em que estavam inseridos, qualidades e fraquezas individuais foram potencializadas e mais facilmente percebidas. Dessa forma, cada um desenhou e idealizou seu próprio personagem de videogame, listando fraquezas e qualidades que haviam notado neles mesmos. Ao longo dos dias, em interações em sala de aula, eles iam identificando uns nos outros as características dos personagens. O resultado disso, foi o aprendizado de que todos possuem pontos fortes e fracos.

Por último, mas certamente não menos importante, outras turmas fizeram reflexões a partir de um campeonato de LUDO. Esse jogo, a princípio, parece não ter muito a nos ensinar em termos de emoções, porém ele pode contribuir mais do que imaginamos nesse aspecto. O jogo possui como objetivo levar 4 peças ao centro do tabuleiro, o que não é um trabalho fácil, uma vez que, em questão de jogadas, todas as suas peças podem acabar de volta ao início do jogo. Assim, os estudantes da INTEGRA fizeram conexões entre o jogo e a percepção de que algumas vezes na vida, tudo pode mudar em um piscar de olhos.

Agora que você já sabe como trabalhamos o desenvolvimento socioemocional durante o ano, que tal aplicar essas atividades em seu dia a dia também?

Deixe um comentário

Prepare seu filho para os desafios de um mundo em transformação