INTEGRA lança Movimento Escola Híbrida que gera mais valor em educação para estudantes e famílias

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Iniciativa aumenta a velocidade de feedbacks entre professores e estudantes e inclui visitas de assistentes bilíngues às famílias, workshops em inglês e orientação individual

Por Lucimar Brasil

Em um ano letivo que ainda será marcado pela pandemia da Covid-19, mas também pela esperança trazida com o início da vacinação, a Escola INTEGRA está lançando o Movimento Escola Híbrida.

Fruto de três meses de trabalho intenso, que reuniu diversos especialistas em educação e em gestão escolar, a iniciativa visa oferecer aos estudantes e às famílias novas oportunidades de interação capazes de gerar mais valor ao processo de aprendizagem. 

Diretor pedagógico da INTEGRA, Gabriel Matos, explica que o modo mais acelerado de vida em sociedade, impulsionado pelos avanços tecnológicos, obriga um novo olhar sobre o ciclo pedagógico (baseado em planejar, ensinar e avaliar, e formar), sobretudo, quando se fala em mesclar experiências virtuais e presenciais.

Este ciclo, em geral, na escola básica, se dá semestralmente ou até trimestralmente. É quando se chega ao feedback, momento em que alunos, famílias e educadores constatam na prática os resultados obtidos a partir dos esforços feitos durante todas etapas anteriores. 

No ensino presencial, o ciclo pedagógico pode levar todo esse tempo, graças às oportunidades de interação diárias. Porém, quando se fala em ensino online, a demora de feedbacks gera desgaste, angústia e tédio nas crianças e nas famílias. Afinal, no ambiente virtual, todos estão acostumados à instantaneidade do touch e, ainda, das respostas no WhatsApp, por exemplo, observa Gabriel.

Para projetar o Movimento Escola Híbrida, a equipe de educadores da Escola INTEGRA irá trabalhar em 2021 com um ciclo de aprendizagem semanal, contemplando as três etapas (planejar, ensinar e avaliar e formar) neste intervalo de tempo. 

O objetivo é aumentar a frequência de feedbacks para as crianças e as famílias, reduzindo o tempo em que o retorno é dado após cada ação realizada.

 “Acreditamos que esse ciclo semanal engajará e envolverá muito mais a criança no processo de aprendizagem, a exemplo do desafio de engajamento e envolvimento que caracteriza à própria relação das pessoas com a tecnologia”, observa o diretor pedagógico. 

MOVIMENTO LEVA EM CONSIDERAÇÃO CADA FASE DE CRESCIMENTO

Para que o processo de aprendizagem esteja a serviço do desenvolvimento das habilidades e competências cognitivas, socioemocionais, físicas e sociais dos estudantes, tendo o conteúdo como ferramenta acessória, o Movimento Escola Híbrida leva em consideração as necessidades específicas de cada etapa de crescimento. 

As crianças da Educação Infantil e dos dois primeiros anos do Ensino Fundamental requerem carga de personalização muito maior, porque estão em processo de alfabetização, afirma Gabriel. Se esse processo não for bem conduzido pode acarretar consequências futuras. Por isso, é vital a construção de vínculos entre o professor e a família, inclusive para o desenho de rotinas e de modos de organização que pais e responsáveis precisam executar junto com a criança. 

Com as turminhas do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental já é possível iniciar o ensaio para o desenvolvimento da autonomia, com planejamento e organização, sempre respeitando a infância. Nesta fase, é importante despertar a paixão pelos estudos. 

Do 6º ao 9º se consolida o ato de estudar. É preciso ampliar a visão de mundo da criança e do adolescente, para que desenvolvam suas potencialidades.

“Quais são os assuntos e as ações que mais lhes interessam e lhes fazem sentido, para que consigam desenvolver suas paixões dentro do ambiente escolar? – questiona o diretor pedagógico da Integra. 

“Temos várias oportunidades dentro do nosso currículo bilíngue baseado nos pilares Desafios Globais, Inovação, Excelência Acadêmica e Desenvolvimento Socioemocional, para trabalhar as habilidades e competências do estudante.”

MOVIMENTO ESCOLA HÍBRIDA

O que muda com o ciclo pedagógico

Educação Infantil e 1º e 2º anos do Ensino Fundamental

  1. Acompanhamento presencial da assistente bilíngue na casa da família – As crianças e famílias receberão a visita, duas vezes por semana, da assistente bilíngue. Ela fará atividades que podem ser diagnósticas, de recuperação ou de revisão com os estudantes e, ainda, esclarecer dúvida da família. Uma cartilha explicativa orientará sobre segurança sanitária, para que a assistente consiga avaliar, pedagogicamente, a evolução das competências de leitura e escrita relacionadas à alfabetização.
  2. Entrega semanal de atividades impressas às sextas-feiras, para criar e manter sendo de pertencimento e vínculo com a escola.
  3. Atividades na plataforma
  4. Atendimento semanal individualizado português/inglês para trabalhar competências e fluência.
  5. Encontros coletivos virtuais das crianças e das famílias com as professoras.

Do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental

  1. Workshop semanal de leitura e escrita em inglês inspirado no Project Zero, metodologia de Harvard. 

Dentro do pilar Desafios Globais, a Integra está comprometida em buscar as melhores experiências educacionais praticadas no mundo. O workshop é inspirado em projeto de Harvard, que visa despertar e trabalhar com a proficiência na língua inglesa. Esta fase do desenvolvimento infantil é terreno fértil para o desenvolvimento desta habilidade.

  1. Entrega semanal de atividades impressas às sextas-feiras, para criar e manter senso de pertencimento e vínculo com a escola.
  2. Atividades na plataforma
  3. Encontros em duplas ou trios em português e inglês.
  4. Aulas online, ao vivo, pela manhã.

Do 6º ano ao 9º ano do Ensino Fundamental

  1. Orientação individual 

Nem sempre os estudantes que chegam a esta fase estão habituados com planejamento, organização e autonomia nos estudos. A Integra entende que é seu papel apoiá-los no desenvolvimento dessas competências, até mesmo como preparação para o Ensino Médio que tem carga maior de conteúdo. Os feedbacks das atividades fornecem pistas, para que os estudantes se situem no processo, buscando engajá-los e envolvê-los.

  1. Atividades na plataforma
  2. Aulas online, ao vivo, com maior carga horária
  3. Encontros em grupos menores para desenvolver a língua inglesa.
  4. Monitoria sobre conteúdo tratado durante a aula.

 

Deixe um comentário

Prepare seu filho para os desafios de um mundo em transformação